Contabil Guapira

Corregedoria retoma inspeção na Justiça Federal da 4ª Região (09/03/2022)

You are currently viewing Corregedoria retoma inspeção na Justiça Federal da 4ª Região (09/03/2022)

Corregedoria retoma inspeção na Justiça Federal da 4ª Região (09/03/2022)

A Corregedoria Regional da Justiça Federal da 4ª Região retomou nesta semana as correições do biênio 2021-2023. O corregedor, desembargador federal Cândido Alfredo Silva Leal Júnior, visitou na segunda-feira (7/3) a Vara Federal de Palmeira das Missões e, na terça (8/3), a 1ª e a 2ª Varas Federais de Carazinho, no Rio Grande do Sul. O magistrado também foi às sedes da OAB nas cidades trocar ideiais com advogados que atuam junto à Justiça Federal.

A ida de Leal Júnior às unidades judiciais faz parte do plano de atuação da Corregedoria, que tem por foco a retomada plena do trabalho presencial em 2022, a revisão e a atualização do teletrabalho voluntário, a revisão e ajustes na equalização e nos critérios de distribuição de competências às unidades, e o acompanhamento da ampliação do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) e da movimentação na carreira com as promoções e remoções dos juízes.

As correições têm sido realizadas em formato híbrido, com a equipe da corregedoria fazendo as entrevistas com os juízes e equipes por meio da plataforma eletrônica Zoom. Após as correições, serão elaborados relatórios para o Conselho de Administração e recomendações às varas.

Inspeção anual

Entre 16 e 20 de maio ocorrerá a Inspeção Anual da Corregedoria, que trará por tema a saúde física e mental de magistrados e servidores. Tendo por tema “Viver Bem e Trabalhar Bem”, serão abordadas formas de prevenção de doenças, abrangendo desde cuidados pessoais até análise das relações de trabalho. “Pedimos a colaboração de todos, para que possamos usar esta semana para refletir, estabelecer vínculos presenciais e melhorar o clima das unidades”, salientou o corregedor.

Abertura da correição na JF de Carazinho (RS) (Foto: Corregedoria/TRF4)

Abertura da correição na JF de Palmeira das Missões (Foto: Corregedoria/TRF4)

Equipe da Corregedoria atuou pelo Zoom (Foto: Corregedoria/TRF4)