Detalhes importantes para organizações elaborarem apresentações mais eficientes

Detalhes importantes para organizações elaborarem apresentações mais eficientes

Em várias situações do dia a dia, desde pequenos empreendedores até grandes organizações veem-se diante da necessidade de fazer apresentações de projetos, lançamentos, produtos, serviços e números. Nos casos de prospecções de novos clientes, as empresas elaboram, com seus próprios recursos, apresentações institucionais que podem ser mais ou menos profissionais, elegantes e eficientes. E isso, claro, tem impacto no objetivo da ação: comunicar bem os valores da marca e conquistar o cliente ou o público para quem a apresentação está sendo feita.

Fazer uma apresentação profissional é, portanto, um desafio bastante comum no mundo empresarial. Por ser um dos programas mais versáteis, com uma interface simples e intuitiva, o PowerPoint tem sido protagonista na hora de preparar apresentações corporativas. O seu uso, porém, exige conhecimentos e habilidades que fazem toda diferença no resultado. Em geral, a ferramenta ainda é associada a projetos de apresentações corporativas limitadas, primárias e pouco eficientes. O que poucas empresas sabem é que, com ela, é possível criar apresentações surpreendentes tanto pela estética quanto pela força comunicacional.

Assim, para que o projeto comunicacional, seja qual for, consiga alcançar o objetivo, é necessário adotar algumas estratégias. Elevar o nível das apresentações é pensar primeiramente que o projeto se distribui em camadas. Antes de abrir o PowerPoint, um bom caminho pode ser abrir o Word e descrever o porquê da apresentação, ou seja, qual é a principal mensagem que se deseja passar. Uma apresentação impactante deve criar conexão entre o que está sendo dito e o que está sendo mostrado. Portanto, é precisa dar atenção aos processos de planejamento, roteirização, design e performance da apresentação.

Também é importante responder perguntas estruturais e técnicas, tais como: onde será feita a apresentação? Qual o perfil do público? Para quantas pessoas e qual o tempo disponível? Nesta etapa, quanto mais informação, melhor.

Os slides são ferramentas de suporte visual para a fala do palestrante e não devem servir como apoio de leitura. Ao estruturar o conteúdo escrito e imagético, é indicado reduzir ao máximo a quantidade de informações. Cada slide deve trazer uma mensagem principal, que será mostrada de forma simples e direta ao público. Outra estratégia é desenvolver as informações por meio de uma narrativa, contando uma história e a tornando mais atraente para o público.

Toda apresentação impactante tem algo em comum: a conexão com o público. Uma estratégia eficiente para promover essa identificação e interesse é transformá-la em uma verdadeira história. Nós, seres humanos, gostamos de ouvir histórias, e quando elas são bem contadas, recordamos com facilidade e até compartilhamos com outras pessoas.

Aplicar técnicas de storytelling nas apresentações corporativas garante uma melhor compreensão do público e, consequentemente, um convencimento da mensagem que está sendo passada. Por isso, deixe o amadorismo de lado e construa, por meio das suas apresentações, a verdadeira jornada para o sucesso.

Fonte: Jornal Contábil .

Recommended Posts