Gestão de Pessoas por Competências: Saiba o que é e como implantar

Gestão de Pessoas por Competências: Saiba o que é e como implantar

Existem várias formas de gerir equipes dentro das empresas e cada uma deve optar por aquela que melhor atende às suas necessidades. Porém, é necessário estar atento às inovações do mercado, de modo a buscar sempre um RH mais eficiente e estratégico.

Dentre os variados modelos de gestão, a Gestão de Pessoas por Competências vem se mostrando uma tendência no mercado, pois engloba conhecimentos, habilidades e comportamentos que influenciam nos resultados das organizações e no sucesso profissional de seus colaboradores.

Designed by @pch.vector / freepik

Pensando nisso, você sabe o que é e como implantar o modelo de Gestão por Competências?

Continue a leitura e confira!

O que são Competências?

Competências são os conhecimentos, habilidades e atitudes (CHA) que tornam uma pessoa capaz de exercer um determinado cargo ou função dentro de uma empresa.

As competências se estruturam em três pilares:

Conhecimento: Refere-se ao conjunto de saberes teóricos, necessidade de formação e especialização que um determinado cargo ou função exige.

Habilidade: Refere-se a prática e experiência do conhecimento adquirido.

Atitude: Refere-se ao conjunto de comportamentos (sentimentos e emoções) que são expressos através do comportamento.

Quais são os tipos de Competências?

Basicamente, podemos agrupar três tipos de competências:

Competências Organizacionais: Refere-se aos conhecimentos, habilidades e atitudes que fazem parte do diferencial competitivo do negócio e que tornam uma empresa reconhecida e única no mercado.

Competências Técnicas: Refere-se aos conhecimentos e habilidades adquiridos por um colaborador através da educação formal ou informal (treinamentos, cursos profissionalizantes, palestras etc).

Competências Comportamentais: Refere-se às atitudes e comportamentos dos colaboradores, que os motivam a colocar em prática a habilidade de um determinado conhecimento.

Gestão de Pessoas por Competências

O modelo de Gestão de Pessoa por Competência é uma metodologia de Gestão de RH orientada em identificar, analisar e gerir os colaboradores de acordo com seus perfis profissionais.

Esse modelo de gestão tem impacto direto sobre a performance dos colaboradores, ou seja, o objetivo é treinar e desenvolver o capital humano da empresa para atingir o máximo retorno para o negócio por meio das competências individuais e coletivas.

Em razão disso, a Gestão por Competências, é normalmente associada a práticas de Gestão do Desempenho, com destaque nos pontos positivos e nos pontos a melhorar.

Geralmente, as empresas que adotam esse modelo de gestão entendem que só estimulando o desenvolvimento das competências técnicas e sobretudo, das comportamentais, é possível atingir os objetivos estratégicos da empresa e por isso, procuram desenvolver ao máximo seus colaboradores.

Como implantar a Gestão por Competências?

Para implantar o modelo de Gestão de Pessoas por Competências é necessário, em primeiro lugar, definir as competências organizacionais essenciais e que devem nortear a organização com um todo.

Em segundo lugar, deve-se criar um perfil de competências, ou seja, um conjunto de conhecimentos, habilidades e atitudes (CHA) que é desejado para todos os cargos.

Para isso, é necessário fazer a mensuração de competências, a fim de identificar quais são os níveis mínimos de cada competência e quais são os valores desejados para cada cargo.

Mensurada as competências, é indispensável comunicá-las a todos os colaboradores da empresa, pois a comunicação é fundamental antes, durante e após o processo de implantação, de modo que tudo seja muito claro.

Além disso, é primordial que a empresa ofereça oportunidades para que sua equipe desenvolva as competências estabelecidas.

Enfim, o modelo de Gestão por Competências é um conjunto de ferramentas que entrega ao RH todas as informações necessárias para atrair o perfil ideal para cada cargo e desenvolver talentos humanos com foco, clareza e objetividade, investindo exclusivamente no desenvolvimento das competências que geram resultados.

Por Alessandra Leite - https://rhpratica.com/

Fonte: Jornal Contábil .

Recommended Posts